Ho’ oponopono

27 abr

Bom dia Pessoal!

Hoje vou falar de um livro que estou lendo , e estou achando fantástico , sobre um médico havaiano, Ihaleakala Len ,que curou uma ala inteira de doentes mentais com uma técnica havaiana chamada Ho' oponopono, que significa Ho ( causa) e ponopono (perfeição), ou seja; corrigir um erro ou tornar certo

image

esta técnica é muito fácil e consiste em apenas 4 frases, que todos os dias Len pronunciava para si mesmo para purificar , transformar e anular causas , memórias que causavam conflitos. Sendo o seguinte:

Eu Te Amo, Te perdoo, Sinto muito , Sou grato!

image

Ele acreditava que tudo que acontecia fora da gente, no mundo exterior, era um reflexo de nosso mundo interior, ou seja, ele acredita que nós que criamos a nossa realidade, e somos 100% responsáveis pelo que criamos (através do que pensamos, do que falamos, sentimos e fazemos).

Para ele tudo é energia, e uma energia atrai outra por atração ou repele por repulsão, se estou atraindo por ex: pessoas que me desvalorizam? ele  pergunta a si mesmo o seguinte: o que estou criando dentro de mim que faz com que isso aconteça? ou, porque eu estou me desvalorizando ? ele acredita que a maioria dos problemas que acontecem não são as pessoas ou a situação mas sim a resposta de uma memória nossa em relação aquilo!

image

E para "tornar certo" pronuncia-se : Eu te amo para você ,  perdoo (a memória), sou grato (pela oportunidade de remover o problema), pois estas palavras transformam a energia e criam o espaço necessário para a Divindade e o amor atuar, e só o amor cura.

Recomendo entrar neste site para conhecer um pouco mais sobre esta técnica:  www.hooponopono.ws

e Ler o livro: aqui ou do Joe Vitale, Limite zero: aqui

image

Youtube: tem vários vídeos, você pode procurar lá também: aqui

Compartilhe!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>